NEW YORK

 

Nova York é impressionante por diversos motivos, é um lugar onde ao lado de arranha-céus, vivem parques extremamente arborizados, onde você encontra pessoas de toda parte do mundo e culturas diversas vivendo em harmonia e que recebe de braços abertos os turistas oferecendo atrações para pessoas de todas as idades. Ideal para quem gosta de programas culturais, musicais, atividades ao ar livre, paisagens urbanas. Nova York é um lugar versátil, para visitar e revisitar várias vezes. 

 

Seja para ficar três dias, uma semana, ou um mês, é quase certo que roube o seu coração. Perca-se pelas ruas de edifícios antigos, ande nos tradicionais táxis amarelos, admire o movimento contínuo de pessoas, curta as baladas no alto dos prédios, compre comida para viagem e sente-se em um parque para comer e claro, admire o incrível Manhattan skyline. Nova York mistura gostos, pessoas, sons e paisagens, é uma verdadeira descoberta a cada esquina.

 

CULTURA 

Para fazer programas culturais, as opções são inúmeras. Há diversos museus na cidade, sendo os principais o Metropolitan Museum of Art, Museum of Natural History, MoMa e o Guggenheim, os quatro têm um acervo incrível, com algumas das obras mais valiosas do mundo. Se não puder, ou quiser, ir em todos eles, analise o foco de cada um dos museus e vá naquele que tiver mais a ver com seu perfil. Nossa sugestão é ir ao menos ao Metropolitan Museum of Art (MET), que possui uma coleção enorme e muito potencial para agradar; mesmo que você não goste tanto de arte, vai curtir a vista do rooftop. Se museu for sua praia, talvez valha a pena visitar também o Whitney Museum, Frick Collection, Transit Museum e o novo 9/11 Memorial Museum.

 

MANHATTAN

É a região mais rica, onde está concentrado todo o poder da cidade, ali é possível visitar lugares que constantemente mudam a situação do país e do mundo. Não deixe de passar pela famosa e enlouquecedora Wall Street. A rua é conhecida pelos homens de negócios e pelas movimentações da bolsa de valores de Nova Iorque, a mais importante do planeta.

 

Também é em Manhattan que está o Central Park, uma enorme área verde localizada em meio a tantos prédios modernos, uma visita obrigatória em qualquer época do ano. Também no centro da região a Times Square é parada obrigatória para todos os turistas. O cruzamento de duas das mais importantes avenidas da cidade oferece um cenário incrível de edifícios e letreiros luminosos.

 

De uma passada em Chinatown, a área da cidade onde vivem os imigrantes chineses e suas famílias, nessa área ao invés do forte ser a cultura americana, impera a cultura chinesa. O bairro é extremamente interessante porque revela um pedacinho do que seria a China, só que no meio de Nova York. Há muitos, produtos ao ar livre e uma variedade incrível de produtos de origem natural e vegetal que não existem no Brasil. É um bairro ótimo para comprar todo tipo coisas que a gente nem tinha conhecimento de que existiam. Em um passeio pelo bairro sugerimos que você não deixe de caminhar pela Mulberry Street e Spring Street, que concentram muitas lojinhas. Aproveite para visitar os mercados, que vendem uma enorme quantidade de produtos importados e permitem encontrar coisas por preços baratíssimos ou ainda experimente um pouco da culinária chinesa e pare para tomar um bubble tea, que é febre no lugar; um chá gelado com bolinhas feitas de tapioca. Chinatown desperta interesse por ser um local excêntrico, que foge do que existe em Manhattan

 

BRONX

Distrito mais ao norte de Nova York e localização do Yankee Stadium, casa do New York Yankees, é também a casa do zoológico do Bronx, o maior zoológico metropolitano nos Estados Unidos, lar de mais de 6.000 animais. Na década de 70, a região foi berço do movimento cultural denominado Hip Hop. O rap, o grafite, o breakdance e muitas outras formas de manifestação estão espalhados pelo bairro, uma área onde a concentração de imigrantes é grande. Latinos e afrodescendentes enraizaram grandes colônias por aí e é por isso que as culturas se misturam e novos movimentos surgem.

 

QUEENS

Como aqui ficam dois dos aeroportos de Nova York, o JFK e o LaGuardia, Queens será provavelmente o primeiro distrito nova-iorquino em que você irá pisar. O bairro fica na Long Island, a nordeste do Brooklyn.

 

Ao passear pelo bairro, o turista irá se deparar, com um ambiente multicultural, calcula-se que uns 30% de sua população seja formada por estrangeiros e tradicionalmente, é um dos lugares favoritos das colônias judaica e grega. Em Astoria, um de seus bairros, concentram-se os brasileiros que vivem em Nova York: lá é possível encontrar padarias, mercados e restaurantes brasileiros, além oferecer uma vida noturna agitada e rica em gastronomia com a mais diversas opções de restaurantes.

 

A área conhecida como Little Egypt, por exemplo, é cheia de bares informais, se quiser uma experiência mais sofisticada, subas as escadas do Layali Dubai, uma versão luxuosa dos lounges de narguilé que podem ser encontrados no oriente médio.

 

O Queens também é conhecido por seus eventos esportivos, além da anual Maratona de Nova York, que atravessa este distrito, aqui está localizado o Citi Field, estádio dos Mets, o segundo time de beisebol de Nova York, depois dos New York Yankees, e é aqui que o US Open de Tênis acontece, reunindo os melhores tenistas de todo o mundo. Se estiver na cidade durante a competição, inclua o evento em seu roteiro e divirta-se.

 

BROOKLYN        

É o distrito mais populoso de Nova York, com mais de 2,6 milhões de habitantes foi influenciado por muitas culturas e nacionalidades com imigrantes holandeses, russos, ucranianos, italianos, porto-riquenhos, judeus, jamaicanos e muitos outros.

 

O Brooklyn parece muito mais calmo e relaxado do que as ruas movimentadas de Manhattan, mas isso não significa que é tedioso. Há muito a fazer como: passar um dia divertindo-se no Brooklyn Bridge Park, visitar o parque de diversões em Coney Island durante o verão, no período de Natal ver as decorações surpreendentes em Dyker Heights, assistir uma partida de basquete dos Brooklyn Nets no Barclay’s Center, ir às compras nas lojas descoladas de Williamsburg e, claro, caminhar de volta para Manhattan sobre a Brooklyn Bridge, enquanto aprecia a vista deslumbrante.

 

O Sunset Park é o lugar onde você vai encontrar a autêntica atmosfera latino-americana no Brooklyn, uma área agradável para passear durante o dia e experimentar algo totalmente diferente de Manhattan, é um bom lugar para almoçar, há muitos bons restaurantes, sente-se na grama e aprecie a bela vista para Manhattan, você pode até ver a Estátua da Liberdade. Se você for ficar até mais tarde para ver o entardecer, este é considerado o mais belo pôr do sol em Nova York.

 

STATEN ISLAND

A ilha em frente ao extremo sul de Manhattan é ligada a New Jersey pelas pontes Bayonne, Goethals e Outerbridge Crossing e ao Brooklyn pela ponte Verrazano e é o único distrito que não está ligado ao sistema de metrô de Nova York. Você pode pegar O Staten Island Ferry, a principal atração deste distrito, trajeto de ferry, gratuito, de pouco menos de meia hora de duração, que proporciona lindas vistas de Manhattan, da Estátua da Liberdade e da Ellis Island; um ótimo passeio nos dias de bom tempo. Os ferries para Staten Island são menos cheios de turistas do que aqueles que vão para a Liberty Island.

 

 

 

Fazer compras pode até não ser o objetivo principal de quem visita Nova York, afinal, a cidade tem tanta coisa para visitar, entretanto, é inevitável voltar de viagem sem fazer pelo menos uma comprinha. A cidade é como um shopping a céu aberto, com centenas de lojas diferentes nas ruas, que vendem desde verdadeiras pechinchas até roupas da mais alta costura, que agradam a todos, tanto as lojas de marcas populares quanto as mais exclusivas.

 

As lojas estão espalhadas, principalmente, por Manhattan e algumas áreas específicas são interessantes para encontrar variedade de lojas. A Quinta Avenida, por exemplo, é uma parada certeira para quem quer encontrar algumas das principais lojas do mundo. O Soho é imperdível para quem busca coisas diferentes, pois tem uma ótima variedade de lojas e além das lojas mais tradicionais.

 

O Woodbury Common é um dos melhores shoppings outlet em Nova York. O shopping dispõe de 220 lojas repletas de descontos e promoções, é um local imperdível para quem deseja encontrar produtos de marcas bacanas por preços ótimos em outlets da GAP, Tommy Hilfiger, Nike, Ralph Lauren etc.

 

Nova Iorque é encantadoramente grande, porém a cidade não respira apenas turismo. Por seu grande poder financeiro e comercial, a cidade é muito agitada e, muitas vezes, estressante. Esteja preparado para encontrar motoristas de táxis mal-humorados e atendentes nem sempre muito gentis. Trabalho, sucesso e dinheiro também movem a cidade.

 

O metrô de Nova Iorque é um dos mais eficientes do mundo. Suas linhas atendem praticamente todas as regiões da cidade. Assim que desembarcar por lá, procure pontos de informações com mapas da rede metroviária e aventure-se pelas estações. Usar o transporte público é ainda a melhor opção, já que o trânsito da cidade é caótico. O MetroCard, cartão recarregável, permite que o turista circule por suas linhas, adquira um. Se uma emergência acontecer, pegar um táxi na cidade é muito fácil. Os famosos caps amarelos estão por todas as ruas, exatamente como visto nos filmes americanos.

 

O clima da cidade costuma apresentar estações bem definidas. Seu inverno é bem rigoroso, podendo acontecer tempestades de neves que param a cidade e fecham ruas e estradas. A temperatura média é de 1°C. Já no verão, os termômetros têm média de 23°C, podendo chegar até 38°C. Como toda cidade influenciada pela poluição e pelas mudanças climáticas, o dia em Nova Iorque pode mudar muito, então esteja pronto para sempre ter uma blusa de frio e um guarda-chuva como garantia.

 

Nova Iorque terá sempre o que mostrar, não deixe de ir à Estátua da Liberdade e Ellis Island, ao Central Park, Times Square, Brooklyn Bridge, Quinta Avenida, Ground Zero e ao Empire State ou ao Top of the Rock para ter uma visão geral da selva de pedra. A cidade que não para é grande o suficiente para ter o seu próprio mundo. Viva a intensidade do dia, se entregue à diversão das noites e não se espante se não tiver vontade de ir embora.

 

O NY City Pass ou o NY Pass são passes que dão direito a entrar em alguns pontos turísticos da cidade com uma boa economia. O NY City Pass permite conhecer 6 pontos turísticos da cidade em uma semana, já o NY Pass permite conhecer mais de 80 atrações e pode ser utilizado em períodos de um dia a uma semana (cada um com um preço), vantajosos financeiramente para quem fica pouco tempo em Nova York.

 

Nunca espere estar sozinho em NY, filas são constantes e quando você tem a ideia de ir em algum lugar, outras pessoas também tiveram. Pontos turísticos estão sempre cheios, principalmente no verão. Se quiser pegar menos filas nos pontos turísticos, procure visitá-los em dias úteis.